7 Dicas para Fotografar o Halloween

Vamos ver aqui 7 dicas para fotografar o Halloween e espero que você consiga fazer uns bons cliques da sua noite das bruxas.

No meu tempo de adolescência o Halloween só era comemorado nas escolas de inglês… Mas hoje é cada vez mais comum ver o pessoal aderindo ao dia das bruxas aqui em terras tupiniquins.

Dicas para Fotografar Halloween - trick or treat

Se você já tentou fotografar nesta noite, pode ter percebido que não é a coisa mais fácil do mundo:

É noite, tem pouca luz, crianças que não param quietas e mesmo adultos fazendo farra e assustando os outros.

Muita gente encara a fotografia noturna como um desafio, mas, o objetivo aqui é te fazer encarar como uma oportunidade:

É a sua chance de brincar com luzes estranhas e assuntos mais estranhos ainda.

Mas, vamos as dicas!

#1 – FLASH

Desligue o flash da sua câmera! A não ser que você seja um super fotógrafo profissional que tem um super kit de iluminação, o flash

Dicas para Fotografar Halloween - flash estourado
Assustador esse flash ‘estourado’

da sua câmera (ou mesmo o flash acoplado na câmera) não vai ser muito bem vindo nessa situação.

Pelo contrário, o flash da câmera pode deixar suas fotos ‘estouradas’, pode te fazer perder várias fotos, deixando-as com aspecto pouco interessante (pra não dizer medonha! rs).

Além do mais, é chato! Ao usar o flash apontado direto pro assunto vai estragar toda a atmosfera da noite, das luzes e do clima!

Então, esqueça do flash apontado direto nas pessoas!

A não ser que você já use flash remoto e tem um ajudante bom pra posicionar o flash pra você. Se não, deixa o flash de lado hoje a noite.

#2 – BALANÇO DE BRANCO

Cuidado ao corrigir muito as cores… Nesse caso o ideal é usar uma opção de balanço de branco e continuar com ela durante todo o tempo que você fotografar. O que eu recomendo é que você deixe em “daylight”.

Lembrando que, o balanço de branco é o responsável por ajustar a cor da sua foto partindo do ‘branco’. Por exemplo, você deixa na opção “incandescente” (e esse tipo de luz é mais amarelada) sua câmera vai compensar com ‘azul’ para deixar o branco realmente branco.

E nas fotos de Halloween pode não ser tão legal corrigir a cor. Pelo contrário… Você pode aproveitar para captar toda atmosfera diferente seja por velas acessas, objetos iluminados que a garotada adora seja com luzes verdes, azuis, vermelhas, etc…

Não queira que suas fotos de Halloween fiquem como as fotos tradicionais. Não… aqui o clima é outro! Então, aproveite-se disso para fazer fotos diferentes, com outras tonalidades.

Brinque com as cores das luzes!

#3 – ABERTURA

Quando você usa uma abertura um pouco mais fechada (a partir de f/7.1 – f/8) isso te dá mais profundidade de campo para quando você quer pegar tanto o primeiro quanto o plano de fundo no foco. Caso queira rever esse conceito, veja esse artigo AQUI.

Um outro ponto legal de se usar aberturas um pouco mais fechadas é que dá um aspecto bem bacana nos pontos de luz. Isso é chamado de ‘Difração da luz’, ou ‘Difração de Fraunhofer’.

#4 – EXPOSIÇÃO

Pouca luz geralmente é sinônimo de longa exposição… Porém quando de trata de fotografar pessoas, especialmente crianças ou adultos inquietos, isso significa que vai ter algum ‘borrado’ ou ‘motion blur’ nas suas imagens. Ou seja:

Disparos longos estão totalmente fora de questão!

Aí você pode estar pensando:

“Mas e aí, Chris? Como eu faço então?”

Se você tem mais de uma lente, a recomendação é óbvia: use a lente mais clara! Isso significa aquela com maior abertura. Pois isso te permite trabalhar com disparos um pouco mais rápidos, congelar a ação e evita tremido da câmera ou borrados na imagem sem precisar subir tanto o ISO (e com isso perder um pouco a nitidez da foto). Mais sobre ISO aqui.

Agora, se você não tem uma lente clara ou se a lente mais clara que você tem não é suficiente pra congelar a cena e evitar o famosoDicas para Fotografar Halloween - Redução de ruído ‘blur’ então o jeito é subir o ISO.

Alguns modelos de câmera tem um modo de ‘redução de ruído’. Procure no manual da sua câmera e ative já!

#5 – CLIMA ASSUSTADOR

Você prestou atenção nas diferentes fontes de luz do Halloween? Seja a famosa abóbora iluminada, ou jack-o-lanterns como é chamada, as luzes das ruas, objetos iluminados, leds, pulseiras coloridas de rave, velas, candelabros (ok, é vela, mas no candelabro fica mais macabro! rs), luzes negras e a lua que estará quase cheia!

Momento perfeito pra você fotografar silhuetas se aproveitando das luzes diferentes…

Essa é a hora de usar e abusar da sua criatividade com cada ítem da decoração, das fantasias, das luzes, do clima todo!

#6 – LANTERNAS / LEDS

É isso mesmo… Lanternas são baratas, leves e podem ser bem mais interessantes do que o flash da sua câmera [nesta situação!].

Dicas para Fotografar Halloween - top light
Luz vinda de cima

Experimente apontar a lanterna de cima pra baixo nas pessoas ou mesmo de baixo pra cima! Isso cria um visual bem interessante pra esse tipo de foto… Mais assustador…

Ou use a lanterna como uma luz pontual pra criar um clima na cena… Dessa forma você tem bem mais controle do que com o flash da câmera ou mesmo um flash externo acoplado na câmera, que está sempre na mesma posição e apontado direto pro assunto (o que NÃO queremos aqui!).

Dicas para Fotografar Halloween - under light
Luz vindo de baixo

Nessas horas não ajuda muito ter vergonha… Seja cara de pau.

Agache ou suba num banco/árvore pra pegar ângulos diferentes. Seja ousado!

#7 – PRESETS

Aproveite para ousar também na edição e criar um clima ainda mais interessante, assustador… Hoje pode!

Se você usa o Lightroom pra editar suas fotos (o que eu recomendo muito que você faça) é uma boa hora para brincar e testar alguns presets e com isso mudar a tonalidade, contraste e clima da foto!

CUIDADO! Não é porque é Halloween que você vai exagerar… O excesso de edição também pode deixar a foto meio ‘nada a ver’… Então, teste, brinque mas não extrapole, se não o tiro pode sair pela culatra…

[DICA EXTRA]

RELAXE…

Planejar não significa que tudo vai sair conforme determinamos… Pelo contrário. A noite pode estar nublada, você pode esquecer das coisas que planejou, alguns disparos podem sair borrados… Mas o importante é curtir o processo, aprender com os erros e relaxar.

Se alguma foto não saiu como você esperava, antes de ficar com raiva de si mesmo achando que “nunca vai conseguir fazer fotos legais”, pare e preste atenção no que saiu errado naquela foto.

É dessa forma que vamos evoluindo e aprendendo com os erros.

Agora, bote as baterias pra carregar, esvazie o cartão de memória e bora lá fotografar o Halloween!

Comente com o Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *